Cinco fatos sobre Varnhagen

Por Filipe Figueiredo, professor de História Mundial do Curso Sapientia

Em 17 de fevereiro de 2016 tivemos o bicentenário do nascimento de Francisco Adolfo de Varnhagen. Não conhece? Deveria. Varnhagen nasceu na então São João de Ipanema, atualmente na região de Sorocaba, estado de São Paulo, filho de uma portuguesa com um alemão. Conhecendo o gosto do CACD para efemérides, veremos cinco aspectos sobre Varnhagen para você ficar de olho em seus estudos.

Varnhagen foi um dos fundadores da historiografia brasileira

A importância de Varnhagen na historiografia brasileira é imensa. Foi um dos pioneiros em adotar metodologias científicas, como o empirismo e o trato de fontes documentais, distanciando a escrita historiográfica da literatura, feita com heróis e vilões, comum nos séculos XVII e XVIII. O fundamento da História na análise documental, embora comum em nossos tempos, tem origem justamente no século XIX, especialmente com o historiador alemão Leopoldo von Ranke.

francisco_adolfo_de_varnhagenVarnhagen foi diplomata

Varnhagen, originalmente, possuia cidadania lusitana, inclusive servindo como voluntário nas tropas liberais de D. Pedro IV de Portugal (o nosso D. Pedro I) que lutaram contra seu irmão. Apenas em 1844, aos vinte e oito anos de idade, que Varnhagen obteve a nacionalidade brasileira, posteriormente admitido na carreira diplomática. Serviu postos como Lisboa, Madrid, Paraguai, Venezuela, Nova Granada (atual Colômbia), Equador, Chile, Peru, Países Baixos e Império Austríaco. Foi na Áustria que Varnhagen faleceu, em 1878, aos sessenta e dois anos de idade.

Seu ofício de historiador está ligado à carreira de diplomata

Diversos documentos pertinentes ao jovem país Brasil estavam em arquivos e bibliotecas europeias, especialmente de Portugal e da Espanha, devido os domínios coloniais europeus. Documentos sobre assuntos relacionados ao Brasil também estavam em outros países sul-americanos e europeus. Os tempos de serviço no exterior permitiram a Varnhagen poder pesquisar esses arquivos e bibliotecas, coletando ou copiando vasta quantidade de documentos que foram enviados ao Brasil ou usados em sua produção intelecual. Especialmente sobre os limites e tratados de fronteira, um dos temas principais da diplomacia brasileira na época.

Varnhagen foi membro do IHGB

ihgb2
Varnhagen entrou no Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro em 1841, exercendo o cargo de primeiro-secretário. Nessa função, organizou a biblioteca do instituto, o que o aproximou do Imperador D. Pedro II. Suas credenciais de admissão eram ter sido sócio-correspondente na Academia de Ciências de Lisboa e localizado o túmulo de Pedro Álvares Cabral na Igreja da Graça, em Santarém. Em Portugal, também pesquisou nos Arquivos da Torre do Tombo, o que fez posteriormente também, como visto nos itens anteriores. Varnhagen foi membro essencial durante a missão fundadora do IHGB, a elaboração de uma história que legitimasse o novo país e, principalmente, seu regime, que patrocinava o instituto. A principal obra de Varnhagen, História Geral do Brasil, escrita em dois volumes entre 1854 e 1857, busca mostrar as particularidades desse país, contrastando com a defesa de um sistema escravista e racial, temas de controvérsia em sua obra até hoje.

Varnhagen está relacionado à história de Brasília

Varnhagen foi um dos pioneiros da defesa da interiorização da capital do Brasil após a independência. Realizou estudos cartográficos sobre o Planalto Central e, em 1877, viajou ao interior de Goiás com objetivo de explorar a região entre as lagoas Formosa, Feia e Mestre d’Armas (próximas da atual cidade de Formosa, estado de Goiás), escrevendo um livro sobre o assunto em 1877, A questão da capital: marítima ou no interior?. A região de Formosa é vizinha ao local onde foi estabelecida Brasília. A primeira Constituição republicana, de 1891, em seu artigo 3º, positivava a criação de uma nova capital no centro do país: “Fica pertencendo à União, no planalto central da República, uma zona de 14 400 quilômetros quadrados, que será oportunamente demarcada para nela estabelecer-se a futura Capital federal”.

Anúncios

Um comentário sobre “Cinco fatos sobre Varnhagen

  1. Pingback: Lista de Efemérides de 2016 |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s