Sugestão de leitura – Brasil e as operações de paz

A criação da Força de Emergência das Nações Unidas (Fenu), em 1956, para lidar com a Crise do Canal de Suez marcou não só o início das missões de paz sob a bandeira da ONU, mas também da presença brasileira nos processos de promoção e manutenção da paz. O Batalhão de Suez, enviado em 1957 para o Egito, é considerado marco da atuação militar brasileira nos processos de paz, um dos aspectos mais visíveis do engajamento internacional do país em conflitos.

Apesar de ter participado de cerca de 60% de todas as operações de manutenção da paz aprovadas pelo Conselho de Segurança, a participação de tropas brasileiras não pode ser considerada constante desde 1957. Para descrever melhor a evolução da presença militar brasileira em operações de paz, o blog Sapi traz, como sugestão de leitura, o artigo “O Brasil e as operações de manutenção da paz: a consolidação de um novo perfil?” da pesquisadora Eduarda Passarelli Hamann. No artigo, ela apresenta um breve histórico do envolvimento do país nas missões da ONU, dividindo em fases distintas, com elementos específicos. A autora também analisa o engajamento brasileiro atual, que considera como mais maduro, e aponta as perspectivas futuras diante do cenário internacional e doméstico. Confira!

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s