Todd’s Challenge: Answer key

We are back with a model translation for yesterday’s challenge. Are you ready to check your progress? Take a look!

(If you missed the challenge, you can check it out here)

Translate the following text into Portuguese.

In that world there are no simple formulae for predicting or managing national behaviour. It is not a world in which one power – America – is dominant, though it remains the single most influential and capable country on a global scale, even after its debacle in Iraq. Nor is it a world, on his account, in which just three “empires” hold sway in any sort of triangular balance. It is a world in which many countries and their ruling elites are jostling for position and advantage, some of them keen to prove that today’s assumptions about influence and status can well be overturned. If there is a broad trend to be discerned in recent years, it is the revival of autocracy as a sometimes effective and even legitimate form of government. If there is a neat dividing line, it is the line between the democracies and autocracies. But using that line in the operation of foreign policy is no easier now than it has ever been. One thing that both authors do agree on is that the dream of a simple, safe world has gone for good.

Follow these easy steps to success in the translation sections:

1. Read the text one time through, making no marks, and determine what style of language is being used.
Style/Category: Book Review

2. Determine what the text’s overall theme is.
Theme/Language: Academic / Journalistic / book review & critique

3. Read the text a second time through and highlight all “lexical chunks”, that is, all groups of words that would produce one single meaning.
hold sway” – to have authority/power; to be in control

In that world there are no simple formulae for predicting or managing national behaviour. It is not a world in which one power – America – is dominant, though it remains the single most influential and capable country on a global scale, even after its debacle in Iraq. Nor is it a world, on his account, in which just three “empires” hold sway in any sort of triangular balance. It is a world in which many countries and their ruling elites are jostling for position and advantage, some of them keen to prove that today’s assumptions about influence and status can well be overturned. If there is a broad trend to be discerned in recent years, it is the revival of autocracy as a sometimes effective and even legitimate form of government. If there is a neat dividing line, it is the line between the democracies and autocracies. But using that line in the operation of foreign policy is no easier now than it has ever been. One thing that both authors do agree on is that the dream of a simple, safe world has gone for good.

4. Translate the text, paying close attention to the following points:
Direct translation: translate word for word without paying attention to groups of words with a single meaning
False Cognates: same word in the other language, but with a different meaning
Portuguese imposition upon English
Grammar: verb tenses, prepositions, word order, word form/spelling

5. Compare your result to the model translation in the answer key to see if you avoided these pitfalls.

Draft: Naquele mundo, não há formulas simples de prever ou gerenciar/administrar o comportamento nacional. Não é/representa um mundo no qual uma potência – Os Estados Unidos – é dominante, apesar do fato dele permanecer como o país mais influente e capaz mundialmente/em escala global, mesmo depois do/após o seu desastre/fracasso/derrocada/fiasco no Iraque. De acordo com ele, tampouco é um mundo no qual apenas três “impérios” mantêm suas posições em um tipo de equilíbrio/balanço/balanceamento triangular. É um mundo no qual muitos países e suas elites dominantes estão competindo/batalhando por / disputando / engalfinhando posições e vantagens, algumas das quais estão ansiosas/afoitas de provar que as atuais presunções sobre a influência e o status podem e serão/podem muito bem ser derrubados/subvertidos. Se há uma ampla tendência a ser reconhecida/compreendida/discernida nos últimos anos, seria/é o ressurgimento [do conceito] da autocracia como uma forma de governo/governar, às vezes eficiente e até legítima. Se há uma nítida linha divisória, seria/é a linha entre as democracias e as autocracias. Entretanto, usar essa linha na condução de política externa é mais difícil do que nunca. Uma coisa que ambos os autores concordam é que o sonho de um mundo simples e seguro acabou-se de uma vez por todas/para sempre.

MODEL TRANSLATION

Naquele mundo, não há formulas simples de prever ou gerenciar o comportamento nacional. Não é um mundo no qual uma potência – Os Estados Unidos – é dominante, apesar do fato dele permanecer como o país mais influente e capaz em escala global, mesmo após o seu fracasso no Iraque. De acordo com ele, tampouco é um mundo no qual apenas três “impérios” mantêm suas posições em um tipo de equilíbrio triangular. É um mundo no qual muitos países e suas elites dominantes estão disputando posições e vantagens, algumas das quais estão afoitas para provar que as atuais presunções sobre a influência e o status podem muito bem ser derrubados. Se há uma ampla tendência a ser reconhecida nos últimos anos, é o ressurgimento [do conceito] da autocracia como uma forma de governar, às vezes eficiente e até legítima. Se há uma nítida linha divisória, é a linha entre as democracias e as autocracias. Entretanto, usar essa linha na condução de política externa é mais difícil do que nunca. Uma coisa que ambos os autores concordam é que o sonho de um mundo simples e seguro acabou-se de uma vez por todas.

Anúncios

Um comentário sobre “Todd’s Challenge: Answer key

  1. Pingback: Todd’s Challenge: Portuguese Translation |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s