Guia do Texugo Melívoro: as melhores (e piores) respostas dos aprovados no CACD 2016

A Páscoa chegou trazendo um super-presente para a comunidade cacdista (melhor até que chocolate): o guia de estudos não-oficial dos aprovados no CACD 2016. Pra quem ainda não conhece essa iniciativa, os guias de estudos são preparados pelos diplomatas aprovados no último concurso e reúnem as melhores e as piores respostas dos candidatos recém-aprovados. Além de ser uma excelente ferramenta de estudo para quem ainda está na luta pela aprovação, a inclusão das menores notas é um incentivo para quem ainda está na preparação: mostra que não precisa ser perfeito, nem bom em todas as matérias para ser aprovado no CACD.

Cada guia de estudos também tem o seu mascote, que dá nome à compilação de respostas e que tem um significado específico para a nova turma do Instituto Rio Branco. O animal escolhido esse ano foi o Texugo Melívoro. Mas quem?!?! Nas palavras da própria turma 2016-2018: “O texugo melívoro (mellivora capensis), também conhecido como texugo do mel, ratel ou honey badger, foi selecionado como a mascote do Guia dos Aprovados de 2016 por ser esse um animal que sobrevive e prospera a despeito das circunstâncias impostas pela natureza. (…) O honey badger não se deixa abalar por picadas de najas ou de abelhas africanas na busca por seu alimento. Ele escapa de predadores por meio de sua ampla gama de habilidades. Sobe árvores, nada velozmente, corre com destreza, cava com desenvoltura. Devemos todos ser texugos melívoros. Não nos basta uma única habilidade, mas várias que nos permitam lidar com uma maratona de provas que exige rapidez, concisão, precisão, capacidade argumentativa, hermenêutica, estabilidade emocional, audácia e criatividade, para que tenhamos alternativas para enfrentar os desafios que a prova nos propõe. O texugo pode até parecer inofensivo e vulnerável, mas ele sabe o que quer e não há cobra venenosa que o possa deter, exatamente como todas e todos que se aventuram a prestar o CACD.” (p. 7)

Queremos ser texugos melívoros também! Além da escolha inspirada, a nova turma também inovou trazendo dados estatísticos sobre o rendimento dos aprovados em cada questão, visando auxiliar os candidatos em quais matérias devam focar mais. O perfil dos aprovados também é interessante, pois mostra a diversidade entre eles, o tempo que levaram até a aprovação e outras informações relevantes (como suas séries faScreen Shot 2017-04-17 at 7.10.21 PM.pngvoritas).

O blog Sapi agradece imensamente à turma do IRBr 2016-2018 pela organização do Guia do Texugo Melívoro!
(Se você ainda não baixou o seu, basta clicar na imagem ao lado)

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “Guia do Texugo Melívoro: as melhores (e piores) respostas dos aprovados no CACD 2016

  1. Pingback: Fases avançadas do CACD: Significado e Importância |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s